Agende sua Consulta

Você pode solicitar agendamento de consulta e exames pelo site. É simples e ágil.
Saiba Mais

Notícias

11/09/2013
AthenaPress

De Olho nas Crianças
 
 
Jogos com sabão fazem a diversão da garotada, mas por trás disso há um grande risco que nem todos os pais reconhecem. Em uma festa realizada em um clube na Flórida, nos Estados Unidos, 48 dos 350 convidados tiveram que procurar um serviço de emergência após o contato do sabão, usado em brincadeiras, com os olhos.

Dor e irritação severa foram as principais queixas. Casos de conjuntivite foram registrados e 11 pessoas não conseguiam sequer abrir os olhos durante o exame clínico. Os sintomas tiveram duração média de seis dias, mas algumas pessoas reportaram até um mês de incômodos. Segundo a oftalmologista Vanessa Bernardes, do Hospital Oftalmológico Pacini, acidentes envolvendo produtos como shampoos e sabonetes são perigosos, tanto para crianças quanto para adultos.

“Mesmo utilizando produtos que vêm com o rótulo ‘chega de lágrimas’, as crianças não estão totalmente livres de intercorrências oftalmológicas”, revela a especialista. “Esses produtos são quimicamente modificados para que seu PH seja o mais parecido possível ao da lágrima humana. Entretanto, o fato de não arder ao cair nos olhos não significa que eles não contenham componentes químicos que podem irritar e levar à inflamação e alergia de diferentes intensidades”, destaca.

Dra. Vanessa recomenda que os pais também tomem cuidado com o uso de protetor solar, pois a pele absorve o produto e o suor faz com que ele entre nos olhos, causando irritação. Além disso, os hidratantes e os óleos para bebês devem ser aplicados longe da região dos olhos.

As crianças são mais propensas a desencadear conjuntivites atópicas e dermatites das pálpebras. “É importante destacar que, além do desconforto de estar sempre com os olhos vermelhos, inchados e coçando, o fato de levar com maior frequência as mãos aos olhos favorece a formação de conjuntivites e hordéolos (terçóis), além de poder desencadear infecções bacterianas da pele, como o impetigo”, conclui.
 

Powered by Grupo Athena Marketing 360º | Copyright © 2012